Limite.

adeus

Até hoje não conheci uma pessoa que se permitiu chegar ao seu limite.
Conheço pessoas, que tentam se permitir ser feliz, através de mentiras. Mentiras como “estou bem” ou “vai ficar tudo bem”.

Só que, chega um dia, que todos acordamos e vemos, que não está tudo bem. Nunca esteve tudo bem. Mas o fato é, como deixar de se enganar, se deixar cair da realidade, se daquele jeito estava melhor?
Acho que a maioria das vezes é por medo de ficar sozinha, ou medo de alguém perceber que ela não esta bem, e sentir dó, ou pena.

Esse é o maior medo da humanidade: A solidão.

Mas nada nessa vida, acontece por acaso. Tudo tem seu motivo perfeito por estar acontecendo. Aceite isso.

Algumas vezes, são apenas consequências de atos feitos sem pensar.

Ou de reações inesperadas.

Ou tristezas guardadas.

Choros abafados.

Os seres humanos, são os seres mais idiotas e frágeis ao mesmo tempo. Idiota por agir sem pensar, e frágil por não agir, por medo de magoar, ou medo de não ser entendido, ou como na maioria das vezes, medo de errar.

Por isso, digo e repito: Faça mais. Pense mais. Viva mais. Não se permita chegar ao limite. Não se engane.

A vida é uma só. E, se está acontecendo isso, acredite meu amigo, é porque você consegue ser vencedor do final dessa batalha.

Danúbia Vasconcelos

Anúncios